13 Novembro, 2018

Castelo de São Jorge exibe legado islâmico

A presença da arquitetura islâmica em Portugal foi tema de exposição, que contou com a colaboração do Instituto de Arqueologia e Paleociências, onde o público pode ficar a conhecer as raízes de um estilo herdado pelos portugueses

A entrega do prémio Aga Khan de Arquitetura 2013 foi o mote para uma exposição realizada nesse ano onde a presença islâmica em território português esteve em destaque na Sala Ogival do Castelo de S. Jorge. Dos testemunhos expostos destacavam-se a pia de abluções de Cacela, raro capitel dos séculos VIII-IX, ou um conjunto de estuques que remontam aos séculos XI – XIII, alguns exibidos pela primeira vez e que constituem um raro acervo no território nacional.

A exposição, que chegou a ser recomendada pelo The Telegraph, incluiu também maquetas dos principais edifícios islâmicos existentes no nosso país, exemplos da Mesquita de Mértola, o Ribat da Arrifana ou o Poço-Cisterna de Silves, classificados como Monumentos Nacionais.

A exposição foi comissariada por Rosa Varela Gomes, Investigadora do Instituto de Arqueologia e Paleociências (IAP).

Legenda da imagem: cerâmica islâmica em Portugal. Pormenor da capa do catálogo da exposição exibida na Fundação Calouste Gulbenkian 16-27 de Novembro de 1997.

Escrito por
FCSH +LISBOA
Ver todos os artigos
Deixe uma resposta

Escrito por FCSH +LISBOA

O PROJETO

Uma nova forma de conhecer Lisboa
+ inovadora + visual e + interativa
a partir do que se investiga na NOVA FCSH. [Saiba +]

APRENDER SOBRE LISBOA NA NOVA FCSH 2017/2018

Tempos e cidades (1.º semestre)
Unidade curricular do mestrado em Estudos Urbanos, aberta a alunos externos. [Saiba +]

História de Lisboa Medieval (1.º semestre)
Unidade curricular do mestrado em História, aberta a alunos externos. [Saiba +]

A cidade na cultura oitocentista (2.º semestre)
Unidade curricular do mestrado em História da Arte, aberta a alunos externos. [Saiba +]

Unidades de Investigação da FCSH/NOVA

Clique aqui para aceder às 16 unidades de investigação da FCSH/NOVA.

FCSH +LISBOA NAS REDES