África no feminino em ruas de Lisboa

Escritoras, jornalistas, académicas, rainhas e até uma escrava. No Dia de África, saiba quem são as mulheres africanas imortalizadas por topónimos nas artérias lisboetas.

Siga e partilhe:
20

Quanto mundo coube dentro das naus que chegaram e partiram de Lisboa?

Traziam especiarias, sedas, porcelanas ou pedras preciosas, mas também servos da Coroa, religiosos, mercadores e gentes do Oriente e de África. No séc. XVI, Lisboa foi deixando de se surpreender com o mundo exótico que desembarcava das naus da carreira da Índia.

Siga e partilhe:
20

Lisboa, cidade de loureiros

Sabia que o cheiro e as formas do loureiro, uma das primeiras árvores avistadas por aqueles que atracavam no porto de Lisboa, inspiraram viajantes do século XIX e inícios do século XX? Nesse tempo, houve quem a contrastasse com a poluída e industrial capital britânica.

Siga e partilhe:
20

Os painéis de Almada que o Estado Novo quis apagar

O que Almada Negreiros pintou nas gares marítimas de Lisboa desafiou a imagem mitificada do Portugal salazarista. As objeções estéticas colocadas ao mais alto nível não disfarçaram a desconfiança política, revela uma investigação em História da Arte da FCSH/NOVA.

Siga e partilhe:
20

Combate às epidemias: a transformação urbana de Lisboa

As crises epidémicas de cólera e febre amarela provocam, entre 1856 e 1857, a morte de seis mil lisboetas, levando à transformação urbana de Lisboa em prol do novo conceito de saúde pública.

Siga e partilhe:
20

Cenário do movimento operário lisboeta no século XIX

Em 1890, Lisboa acolhia 15.349 operários, que se distribuíam por 259 fábricas. Têxteis e tabacos eram os setores com maior número de empregados.

Siga e partilhe:
20

Azulejaria Arte Nova em Lisboa

Avenidas Novas, Arroios, Xabregas, Alcântara, Lapa e Campo de Ourique foram, nos princípios do século XX, os principais cenários da azulejaria artenoviana.

Siga e partilhe:
20

Memórias cruzadas da Exposição do Mundo Português

Antropólogas da FCSH/NOVA resgatam a pluralidade da memória, contrapondo memórias oficiais e pessoais, memórias escritas e orais, memórias institucionais e sensoriais. Registos das lembranças dos visitantes da Exposição do Mundo Português de 1940.

Siga e partilhe:
20

Lx Nights: investigar a vida nocturna de Lisboa

As políticas relacionadas com a vida noturna em Lisboa são o tema central dos Encontros LxNights, numa iniciativa do Instituto de Etnomusicologia ‐ Centro de Estudos em Música e Dança (INET‐md).

Siga e partilhe:
20

Promover o património da Biblioteca da Ajuda para efeitos de estudo

A fim de promover o potencial de investigação e os instrumentos de trabalho do espólio do Palácio da Ajuda, a sua Biblioteca e o Instituto de Estudos Medievais (IEM) da FCSH/NOVA apresentaram a coleção a investigadores e estudantes do Ensino Superior.

Siga e partilhe:
20