“Doblada de amor”: homenagem a Violeta Parra na NOVA FCSH

Em comemoração dos cem anos de nascimento de Violeta Parra, o poeta Raúl Zurita presta homenagem a esta cantora de resistência hoje, 29 de junho, às 17h, na NOVA FCSH, num evento integrado na programação de Lisboa, Capital Ibero-americana de Cultura 2017. São vozes chilenas que ecoam em conferência e concerto abertos à cidade.

Siga e partilhe:
20

Constança Capdeville: uma notável no ensino e criação de música em Lisboa

Constança Capdeville

No ano do seu 80.º aniversário, o Departamento de Ciências Musicais da NOVA FCSH presta homenagem a Constança Capdeville. O FCSH +Lisboa recorda a sua ligação à cidade de Lisboa.

Siga e partilhe:
20

Há música militar nos azulejos de Lisboa

Sabia que um dos maiores conjuntos de azulejos com representações de música militar se encontra no Palácio Fronteira, em Lisboa? Luzia Rocha, investigadora da NOVA FCSH, identificou mais de 30 motivos nos painéis que revestem a Sala das Batalhas.

Siga e partilhe:
20

Ensinar jazz nos anos de 1970: a criação da escola do Hot Clube de Portugal

A criação da primeira escola de jazz do país foi fomentada pela necessidade de profissionalizar os músicos e de fazer chegar o jazz a mais públicos, mas acabou por afirmar-se também como um novo modelo de ensino, alternativo ao do conservatório.

Siga e partilhe:
20

A que soa o bairro da Mouraria?

O ambiente sonoro de um bairro regula e estrutura as experiências nos seus espaços públicos.  Quem o diz é Iñigo Sánchez, investigador da NOVA FCSH, que  explorou o impacto do recente programa de requalificação urbana da Mouraria no seu ambiente sonoro.

Siga e partilhe:
20

Os primeiros tempos do hip hop em Lisboa

Em 1984 já podiam ver-se alguns b-boys a dançar em locais da baixa lisboeta. A cultura hip hop, potenciada pelo cinema, as novas estações de rádio e a televisão, atingiu o seu auge no país nos anos de 1990, servindo de inspiração até a campanhas políticas.

Siga e partilhe:
20

Notáveis das Portas de Santo Antão: o Coliseu dos Recreios

Inaugurado em 1890, o Coliseu dos Recreios veio colmatar a necessidade de uma grande casa de espetáculos no centro da cidade. A primeira obra apresentada foi uma opereta cómica mas, antes disso, outro acontecimento reuniu a atenção de todos os lisboetas: a colocação da cúpula em ferro e vidro, importada da Alemanha.

Siga e partilhe:
20

Estreias “não tão absolutas” nos primeiros 50 anos do Teatro Nacional de São Carlos

As premieres mundiais ou, em português, “estreias absolutas” anunciadas pelo Teatro Nacional de São Carlos nos seus primeiros 50 anos têm um padrão: nem sempre aconteceram.

Siga e partilhe:
20

Azulejos com música na Mouraria

O antigo Colégio dos Meninos Órfãos, situado na Rua da Mouraria, n.º 64, nas traseiras do Centro Comercial da Mouraria, esconde no seu interior painéis de azulejos do século XVIII com motivos musicais.

Siga e partilhe:
20

Transformismo numa discoteca de Lisboa: loucura ou cultura?

O Finalmente Club, inaugurado em 1976, é ainda hoje o único espaço em Lisboa com espetáculos de transformismo 365 dias por ano. Ex-libris desta prática artística na capital, foi também responsável, juntamente com outros estabelecimentos, como o Trumps e o Bric, pela criação do “roteiro gay” de Lisboa, situando-o no Príncipe Real. Investigador da NOVA FCSH faz uma análise etnomusicológica dos seus espectáculos.

Siga e partilhe:
20

Discutir o rap, a cultura e a cidade

Evento de RAP

O impacto da música rap na sociedade portuguesa anima um ciclo de conferências integradas no projeto “RAPortugal 1986 – 1999”. Uma iniciativa da Associação Mural Sonoro com apoio da DGArtes.

Siga e partilhe:
20

Etnomusicologia estuda Marchas Populares: o caso Mouraria

Marchas Populares

“Carrega Mouraria” é o grito que ergue meia centena de pessoas, empurrando-as pela Avenida da Liberdade abaixo, em representação do seu bairro durante as Marchas Populares de Lisboa. O momento foi retratado pelo INET-md e integrado no festival de arte contemporânea Paratissima.

Siga e partilhe:
20