Colóquio Dia Triunfal de Fernando Pessoa

Um dos muitos enigmas que rodeiam a vida e poesia de Pessoa prende-se com o que o próprio descreveu como o seu Dia Triunfal. Um Colóquio organizado pelo Instituto de Estudos de Literatura e Tradição (IELT) da FCSH/NOVA discutiu se teria sido mais um mito criado pelo poeta ou uma genuína experiência de vida.

Apesar do próprio Fernando Pessoa garantir que, a 8 de março de 1914, se acercou de uma cómoda e escreveu “trinta e tantos poemas a fio, numa espécie de êxtase”, hoje a veracidade desse momento suscita dúvidas. Este foi um dos temas centrais do Colóquio Internacional Dia Triunfal de Fernando Pessoa (veja o programa) realizado na Fundação Calouste Gulbenkian a 8 de março, mas de 2014. Ou seja, exatamente um século depois do momento em que nasceria Alberto Caeiro e uma das suas mais conhecidas obras, o Guardador de Rebanhos.

Organizado pelo IELT – Instituto de Estudos de Literatura e Tradição, no âmbito do projeto Estranhar Pessoa o evento contou ainda com um concurso de curtas-metragens sobre o poeta. A curta-metragem vencedora foi exibida na sessão de encerramento.

Legenda da imagem: Largo de S. Carlos, onde nasceu Fernando Pessoa. Fotografia de Lijealso [CC].

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *