13 Dezembro, 2018

Estatuto editorial

 

  1. O FCSH +Lisboa é um projeto editorial digital da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH).
  2. O FCSH +Lisboa parte da investigação produzida nesta faculdade nos últimos 30 anos para gerar peças jornalísticas, não-académicas, que não substituem a leitura dos respetivos textos científicos nem constituem seus resumos; são, sim, uma porta de entrada, integrada numa estratégia de comunicação de ciência e cultura, acessível ao público em geral.
  3. Todas as peças feitas com base numa obra científica específica incluem o nome do autor, referência à fonte e, sempre que disponíveis, hiperligações para os dados originais.
  4. Todas as peças são sujeitas a uma edição científica, como forma de assegurar a qualidade dos conteúdos.
  5. Quaisquer sugestões editoriais (identificação de dados imprecisos, novos contributos científicos sobre Lisboa ou enriquecimento dos conteúdos disponíveis) podem ser enviadas para a Coordenação Editorial (dorasantossilva@fcsh.unl.pt).
  6. Informações sobre intervenções na cidade por professores, investigadores e unidades de investigação da NOVA FCSH devem ser enviadas para maislisboa@fcsh.unl.pt.
  7. Quaisquer propostas integradas na comunicação, relações estratégicas e parcerias externas devem ser enviadas para a Direção do projeto, na figura de Cristina Ponte (cristina.ponte@fcsh.unl.pt).

 

 

O PROJETO

Uma nova forma de conhecer Lisboa
+ inovadora + visual e + interativa
a partir do que se investiga na NOVA FCSH. [Saiba +]

APRENDER SOBRE LISBOA NA NOVA FCSH 2017/2018

Tempos e cidades (1.º semestre)
Unidade curricular do mestrado em Estudos Urbanos, aberta a alunos externos. [Saiba +]

História de Lisboa Medieval (1.º semestre)
Unidade curricular do mestrado em História, aberta a alunos externos. [Saiba +]

A cidade na cultura oitocentista (2.º semestre)
Unidade curricular do mestrado em História da Arte, aberta a alunos externos. [Saiba +]

Unidades de Investigação da FCSH/NOVA

Clique aqui para aceder às 16 unidades de investigação da FCSH/NOVA.

FCSH +LISBOA NAS REDES